EnglishPortugueseSpanish

Blog

GRADE DE PISO EM PRFV x GRADE DE PISO EM METAL

A combinação de resinas (materiais compósitos) e fibra de vidro confere à Grade de Piso em PRFV propriedades únicas em relação a outros materiais estruturais que os tornam uma excelente opção para diversas aplicações, especialmente em projetos sujeitos a corrosão química e salina.


A grade de piso em metal, quando aplicada em áreas onde o processo corrosivo é agressivo, exige bastante das áreas de manutenção e segurança das indústrias.


  • A corrosão exige sucessivos trabalhos de manutenção (consumo elevado de H/H, com paradas inesperadas), que na verdade é um paliativo somente, culminando logo à frente sempre com a substituição do material.
  • Depois de muitas manutenções com lixamento, pintura e até aplicação de tratamento químico contra a corrosão, chegamos a substituição do material, onde se faz necessário trabalho à quente, envolvendo solda. Esse modelo de trabalho exige atenção redobrada dos técnicos de segurança do trabalho para a liberação dos trabalhos devido ao risco de incêndios e explosões.
  • A corrosão nas grades de piso em metal, principalmente em áreas com passagens de pessoas regularmente, acontece quase sempre do lado de baixo para cima, ou seja, se inicia do lado onde o visão e atenção das pessoas tem dificuldades de acesso. Escondido, muita das vezes, o problema vai crescendo, podendo causar acidentes graves como a ruptura da estrutura quando do transito de pessoas.

A grade de piso em PRFV da ENMAC podem ser injetadas ou pultrudadas, não sofrem com a corrosão (seja salina ou de agentes químicos), possuem excelente resistência mecânica e certificação anti-chama (V0). Uma ação importante visando melhor customização e segurança é sua empresa consultar fornecedores certificados com o Sistema de Qualidade ISO 9001 e que atendam com todas as normas básicas de fabricação e segurança desse produto.


ENMAC é empresa Certificada com ISO 9001 e CRC junto a Petrobras. Todos os nossos materiais possuem type approval.




Texto: Evanilton Rosa

Mapa do conteúdo